Professores precisam ser ouvidos

Pesquisa do Instituto Península com docentes brasileiros apresenta a necessidade de apoiá-los. Resultado está disponível na internet - 10 de Junho de 2019



Quem é o professor da rede pública? Quais suas dificuldades e anseios? Tais indagações foram a chave da pesquisa Observatório do professor, feita com cerca de 30 docentes de diversos pontos do Brasil e divulgada recentemente.


Idealizado pelo Instituto Península e acessível clicando aqui, o estudo deixa claro que falta um olhar mais humanizado e individualizado sobre os docentes, como apresenta um trecho do documento: “foi identificado que o ‘vazio’ de entendimento a respeito do papel dos professores na educação não estava na ausência de dados, haja vista a farta produção de estudos e estatísticas, mas sim na construção de sentido e no aprofundamento que se fazem necessários a partir dos dados”.

O contato com os professores

De forma sucinta, notou-se que o educador se sente sozinho e sem espaço para diálogo e troca de experiências com os colegas e ele também declara não estar preparado para lidar com questões pessoais que envolvem seus alunos, como a violência. Outra situação que se destaca é o choque cultural entre professor e aluno, uma vez que os contextos sociais são muito diferentes.


Identidade, reciprocidade, afeto, ambiente, coletividade e reputação são elementos que interferem nas experiências educacionais e foram identificados pela pesquisa. No site também é possível assistir e ler entrevistas com os professores participantes — foram dez vivências presenciais com mais de 60 horas de filmagem.


Fonte: https://www.revistaeducacao.com.br/professores-precisam-ser-ouvidos/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Revista Escribanía com chamada aberta para artigos sobre comunicação

A comunicação na sala de aula