Postagens

Mostrando postagens de 2020

La gran mediatización I. El tsunami que expropia nuestras vidas

Imagem
O pesquisador e professor espanhol José Manuel Pérez Tornero, uma das referências em Media Literacy no mundo, acaba de lançar seu novo livro: La gran mediatización I. El tsunami que expropia nuestras vidas - Del confinamiento digital a la sociedad de la distancia.

Segue abaixo a sinopse do livro e o link para comprá-lo, além de uma entrevista feita ao autor.

Sinopse:
"Este ensayo trata sobre la gran mediatización, la enorme intromisión tecnológica en la comunicación humana que, en forma de tsunami digital, ha transformado nuestra sociedad. Aborda el proceso de expropiación de nuestras vidas, que nos aleja de lo real y puede anular nuestra autonomía personal.
Esta gran mediatización ha provocado un confinamiento digital que tiende a disolver la solidaridad humana y a implantar la sociedad de la distancia; que amenaza con degenerar nuestra democracia y someternos a los dictados del monopolio de las grandes compañías de internet. Como respuesta a estas amenazas, el autor propone: el des…

Curso de Capacitação em Comunicação Popular e Rede Social

Imagem
Em tempos de Pandemia COVID-19 a tarefa da comunicação popular torna-se mais estratégica que nunca e mediante isso, as organizações que compõem a Frente Brasil Popular, as campanhas Mãos Solidárias e Periferia Viva demandaram a realização desse curso, uma parceria da Universidade Federal do Agreste de Pernambuco, Escola Nacional Florestan Fernandes, jornal Brasil de Fato e a Frente Brasil Popular.


ETAPAS: 04/07 - 14h - Etapa Introdutória. 18/07 - 14h - Comunicação e a disputa pela hegemonia 01/08 - 14h - Comunicação popular e comunitária. 15/08 - 14h - Papel estratégico e político da comunicação. 29/08 - 14h - Segurança na rede e Ferramentas de Comunicação12/09 – 5ª etapa: História da ascensão da nova direita nas redes sociais 26/09 - 14h - Ferramentas Técnicas de Comunicação para Redes Sociais 10/10 - 14h- mostra dos trabalhos
Inscreva-se no link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScWiCEehVv_cSEGJ7w5WRjZ8jagy2d8DtCSX4DQe5xpDjEHuw/viewform?usp=sf_link

Curso gratuito "Mídias sociais e jornalismo: reduzindo riscos e engajando audiência"

Imagem
As novas tecnologias mudaram o ecossistema da informação. Na era digital, o jornalista precisa estar presente nas mídias sociais. Elas são fonte de pautas, de contatos, de divulgação do trabalho e de engajamento com o público. Por outro lado, as mídias sociais dificultam o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, trazem novas questões de cunho ético e legal e muitos, muitos trolls.

Neste curso, será abordada uma das principais dificuldades do jornalista hoje, a de fazer um uso saudável das mídias sociais. O curso capacitará jornalistas a usarem as mídias sociais a seu favor, recuperarem o controle dos seus dados pessoais e aprenderem sobre as melhores práticas nos usos de mídias sociais pela imprensa e técnicas para garantir a proteção da privacidade na internet. Abordaremos também o Direito como ferramenta de defesa para o jornalista, os tipos de assédio que podem ser judicializados e liberdade de expressão no contexto online. 

Esta capacitação online é a primeira iniciativa do projet…

Projeto ajudará jornalistas a usar melhor as ferramentas digitais

Imagem
O Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS Rio) e o projeto Redes Cordiais uniram-se para criar a iniciativa Da rede social à rede de apoio: ciber-resiliência para jornalistas. A proposta é capacitar profissionais de imprensa a utilizar melhor as ferramentas digitais dos dias de hoje, como mídias sociais, e uso de tecnologia avançada nas redações. O projeto oferece cursos e aulas online, manuais digitais e uma rede de apoio para jornalistas. Apoiada pelo Facebook Journalism Project, a iniciativa fará ações concentradas nos meses que antecedem as eleições municipais de 2020, e deve atingir ao menos mil profissionais, com o intuito de reduzir a vulnerabilidade digital, e melhorar a capacidade institucional de veículos que atuarão na cobertura eleitoral. Fabro Steibel, diretor executivo do ITS Rio, afirmou que “a proteção do jornalista é uma forma de a gente proteger a produção de informação de qualidade. Não tem como combater a desinformação sem promover quem traz info…

ANDI oferece curso gratuito a operadores do sistema de justiça

Imagem
Temos uma dica de curso com temática super importante!!!
O curso gratuito e online é voltado a profissionais dos Tribunais de Justiça, Ministérios Públicos, Defensorias Públicas, Procons e Conselhos Tutelares de todo o país.

A iniciativa responde à crescente influência da mídia sobre o processo de socialização de crianças e adolescentes, tendência que se acentua com a disseminação das novas tecnologias de informação e comunicação. A fragmentação da normativa legal que rege o tema no Brasil têm resultado em constantes violações de direitos dos segmentos mais jovens e vulneráveis.

Essa é a primeira vez que o curso é ofertado. Interessados em acessar uma das vagas devem preencher o formulário de candidatura disponível no site da ANDI: https://bit.ly/3diaG6Y

As inscrições vão só até 1º de julho!

Noam Chomsky y Pepe Mujica protagonizan un documental en el que reflexionan sobre la necesidad de “un radical cambio de rumbo global”

Imagem
Se titula “Chomsky & Mujica” y está en proceso de post-producción en busca de financiamiento colectivo. ¿De qué se trata esta película filmada durante un fin de semana en Montevideo por el mexicano Saúl Alvídrez?
A diferencia de otras épocas, hoy tenemos la impresión de que el mundo gira a mayor velocidad. Cuando nos detenemos a pensar qué pasa en Chile, inmediatamente se desata un conflicto en Bolivia. Esto es apenas un ejemplo latinoamericano de cuán informados estamos y cómo esas noticias se apilan dificultando reflexionar acerca de lo que está sucediendo. Por esos están los intelectuales, los sabios, las personas que se dedican a pensar críticamente sobre lo que vivimos. Dos de los más importantes de la actualidad son, sin lugar a dudas, Noam Chomsky y Pepe Mujica. El intelectual más importante, el político más querido Así lo pensó el cineasta mexicano Saúl Alvídrez, que se encontró con una particularidad: ambas personalidades nunca habían conversado. Por eso, decidió reunirlas du…

A Cátedra Intercom recebe inscrições para o Café Intercom

Imagem
A Cátedra Intercom recebe inscrições para o evento que retoma as atividades do Café Intercom, tradicional encontro para discussão entre pesquisadores e a sociedade sobre assuntos específicos da comunicação. O Café Intercom em modo virtual será realizado no próximo sábado, dia 20, das 10h às 11h30, com a reunião de pessoas interessadas no campo da comunicação e nas influências do professor e pesquisador Marques de Melo em seus estudos, carreiras, pesquisas e outras atividades. Seguem abaixo mais detalhes sobre o evento. Inscrições abertas pelo link: https://forms.gle/6faEYQwiQ8HsCx9h6 A transmissão será feita em tempo real aqui em nossa página e posteriormente a gravação ficará disponível no nosso canal no YouTube (https://www.youtube.com/channel/UCB7ZsGS52F4G8QTCniYzTFQ). Inscreva-se já, pois as vagas são limitadas. Haverá certificação para os participantes inscritos. Mais informações: http://www.portalintercom.org.br/centro-cultural/cafe-catedra

Vem conversar com a gente!!!

Imagem
Estamos participando e participaremos de uma série de lives e gostaríamos de convidar você a partilhar estes momentos conosco. Caso não consiga ver no dia, a live ficará gravada e disponível nos perfis onde ela foi transmitida.
Dia 24/06, às 18h LivesJor com Cristiane Parente e Kamilla Bossato  Acesso pelo perfil do Youtube do Curso de Jornalismo da UFC

Dia 22/06, às 19h (Hora de Brasília) Acesso pelo Instagram: @PedroBaquit

Dia 17/06, às 19h  Organização: Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Ceará - Sindjorce, com apoio da FENAJ - Federação Nacional de Jornalistas  Vamos conversar sobre educação midiática/ alfabetização midiática informacional / educomunicação como uma das possibilidades de combate à desinformação. A transmissão será feita pelas redes sociais do Sindjorce e da Fenaj no Facebook.

Dia 04/06, às 10h30 (brasil) e 14h30 (Portugal) Organização: Codevision Transmissão no canal do Youtube da Codevision Para assistir: https://www.youtube.com/watch?v=BWvOaST3QH8&feature=youtu.…

"La cruel pedagogía del virus»: de vuelta a la escuela en la nueva normalidad"

Imagem
Guillermo Orozco Gómez - Cátedra Unesco AMIDI (09/06/2020)

El sistema educativo mexicano, y en general los sistemas educativos contemporáneos enfocados en la enseñanza, están siendo cruelmente incapaces de preguntar y provocar reflexión sobre los aprendizajes que estudiantes, padres, madres y profesorado han producido durante estas semanas de confinamiento. Por ello es que retomo el título del más reciente libro del intelectual portugués Boaventura de Sousa Santos. Estamos frente a La cruel pedagogía del virus.


Como se recordará, el secretario de educación en México, Esteban Moctezuma Barragán, anunció recientemente el esperado «regreso a la escuela» junto con una serie de medidas y protocolos para garantizar lo más posible la seguridad sanitaria de niñas, niños y adolescentes, así como la de sus maestros, maestras y, de manera indirecta, la de sus familias.

Entre estas medidas están la de asistir dos días la mitad del grupo y otros dos días la otra mitad, dejando el viernes como día par…

Jornalista da Folha lança livro sobre manipulação de redes sociais por líderes populistas

Imagem
A  Companhia das Letras lança, no fim de julho, o livro “A Máquina do Ódio”, da jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha. A obra fala sobre manipulação de redes sociais por líderes populistas e ameaças à liberdade de imprensa. No livro, a autora discute como campanhas de difamação podem ser consideradas uma nova forma de censura, terceirizada e difundida por robôs em redes sociais como Twitter, Facebook e WhatsApp —cujas principais vítimas são jornalistas mulheres. Veja abaixo resenha do livro feita pela Companhia das Letras, que disponibilizará a obra a partir dos dia 13 de Junho: O relato de uma das maiores jornalistas da atualidade sobre as ameaças à liberdade de imprensa no Brasil e no mundo. Em A máquina do ódio, Patrícia Campos Mello discute como as campanhas de difamação podem ser consideradas uma nova forma de censura, terceirizada e difundida pelos exércitos de trolls patrióticos repercutidos por robôs no Twitter, Facebook, Instagram e WhatsApp -- cujas principais vítimas são j…

Associações de jornalistas reclamam à UE "medidas mais fortes" contra desinformação

Por Lusa/ RTP Notícias (15/06/2020)
Várias organizações de radiodifusão, editores e jornalistas apelaram na segunda-feira à Comissão Europeia para que tome "medidas mais fortes" contra plataformas digitais como a Google ou o Facebook no combate à desinformação.
A declaração conjunta, assinada pela Federação Europeia de Jornalistas, pelo Conselho Europeu dos Editores e pela Associação de Televisão Comercial na Europa (ACT), surge depois de Bruxelas ter apresentado, em 10 de junho, novas medidas para combater as `fake news` e a desinformação, na sequência da pandemia da covid-19.
Os signatários disseram estar "alarmados com o aumento da desinformação online durante a pandemia", com "um impacto devastador nos esforços de saúde pública", considerando que o "código europeu de boas práticas", assinado em 2018 por plataformas digitais, "se revelou inadequado para abordar a fonte e os motores da desinformação difundida na Internet".
"Há u…

Como a educação midiática pode ajudar no combate às desinformações

Um olhar mais crítico para os produtos e serviços disponíveis na mídia pode diminuir os riscos de compartilhamento de boatos e informações falsas
Laís Arcanjo (12/06/2020 - ConfereAí e Jornal Commercio)

Um estudo do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) apontou que uma notícia falsa tem 70% mais chances de viralizar do que uma notícia verdadeira. E isso não é “fake news”. De acordo com a pesquisa, informações falsas circulam com mais velocidade, de forma mais profunda e com alcance maior do que fatos. E quando o tema da notícia é política, a desinformação se espalha três vezes mais rápido. Uma das principais formas de combater isso é com a educação midiática (media literacy).

“Educação midiática é uma alfabetização que a gente faz em relação à mídia. De como que a gente recebe, filtra e compartilha os conteúdos que passam no Whatsapp, nas redes sociais e nas próprias notícias. É como aprendemos a fazer uma leitura crítica desses conteúdos, para que a gente possa se informar e ag…