Postagens

Mostrando postagens de 2020

Canais liberam filmes para todas as idades e educadores

Imagem
O Canal Curta! e a Tamanduá.TV liberaram acesso a mais de 1700 filmes para todas as idades e formação de professores.

Seguem os canais: curtanaescola.org.br - Cerca de 600 curtas nacionais e 1.000 planos de aula, com 900 relatos compartilhados de educadores.

tamandua.tv.br - Cerca de 1.100 filmes e documentários relevantes para uso na educação, já classificados segundo a BNCC.

Professores se reúnem em portal dar aulas gratuitas

Imagem
O portal Profes (profes.com.br) reuniu mais de 500 professores que se prontificaram a dar mais de 1.200 aulas gratuitas ao vivo e online.
São aulas em diversos horários, diariamente das 6h às 22hs em todos campos do conhecimento.

What to do during the quarantine - O que fazer durante a quarentena

Imagem
Staying at home during quarantine is a must for one’s own health and the safety of the entire community. To spend a day or two without going out is often very pleasurable: having a good sleep and staying in a cozy place is so much recreational. Yet, a week or two at home may seem exhausting and feel like torture. At first glance, it suggests nothing interesting but apart from boredom and binge Netflix there are lots of interesting and useful activities one can do to stay active and happy during the quarantine.

Ficar em casa durante a quarentena é essencial para a própria saúde e a segurança de toda a comunidade. Passar um dia ou dois sem sair muitas vezes é muito agradável: dormir bem e ficar em um lugar aconchegante é muito divertido. No entanto, uma ou duas semanas em casa podem parecer cansativas e parecer tortura. À primeira vista, isso não sugere nada de interessante, mas, além do tédio, da compulsão alimentar e da Netflix, há muitas atividades interessantes e úteis que podemos fa…

Resources for Families During the Coronavirus Pandemic

Imagem
Navigate social distancing and school closures with quality media and at-home learning opportunities for your kids (Com o distanciamento social e o fechamento das escolas, navegue na rede tendo como companhia mídia de qualidade e oportunidades de aprendizado em casa para seus filhos).



Understanding COVID-19 news coverage
How to Spot Fake News (and Teach Kids to Be Media-Savvy) - https://www.commonsensemedia.org/blog/how-to-spot-fake-news-and-teach-kids-to-be-media-savvy

Explaining the News to Our Kids - https://www.commonsensemedia.org/blog/explaining-the-news-to-our-kids
News and Media Literacy Resource Center - https://www.commonsense.org/education/news-media-literacy-resource-center
How to stay calm for yourself and your kids
Help Your Family De-Stress During Coronavirus Uncertainty - https://www.commonsensemedia.org/blog/help-your-family-de-stress-during-coronavirus-uncertainty
Movement Apps, Games, and Websites - https://www.commonsensemedia.org/lists/movement-apps-games-and-websites

É preciso esperançar...

Imagem
O Instituto Padre António Vieira - IPAV, de Portugal, através da Academia de Líderes Ubuntu, lançou no último dia 25 de Março o movimento "Mil Razões de Esperança - Gestos Ubuntu" para vencer a crise. A ideia é sair da bolha das notícias trágicas e de sofrimento e iluminar também as mil coisas extraordinárias que estão a acontecer quando cuidamos uns dos outros e quando servimos.

Acesse a página no Facebook: https://www.facebook.com/1000razoes.ubuntu

Livro em PDF para explicar a crianças o Coronavírus

Imagem
A pandemia do Coronavírus tem afetado a saúde psicológica de muitas pessoas. O compartilhamento de desinformação também acaba por atrapalhar as medidas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde - OMS.
Se adultos estão confusos, imagine as crianças!
Para buscar informá-las de forma lúdica, a psicóloga Manuela Molina criou um livrinho voltada a crianças de 2 a 7 anos que está sendo disponibilizado gratuitamente em PDF e pode ser descarregado no link a seguir: https://www.mindheart.co/descargables

Fórum online oferece 14 horas de (in)formação sobre comunicação e educação

Imagem
Vem aí o 2º Fórum Ler e Pensar: Informação transformada em conhecimento.
O evento acontecerá de 11 a 17 de março e será totalmente online e gratuito, sendo aberto para tod@s interessad@s em educação, com entrega de certificado!
Serão 14 horas de informação sobre educação e comunicação, com os maiores especialistas do país!

Agenda
11 | MAR
21h00 - 22h00
Abertura Instituto GRPCOM
Ana Gabriela Simões Borges

12 | MAR
15h00 - 16h00
A Escola na Idade Mídia: Educação Midiática e Pensamento Crítico
Alexandre Le Voci Sayad

20h00 - 21h00
Memes, cibercultura e podcast: novas linguagens na escola e práticas educomunicativas
Douglas Calixto

13 | MAR
10h00 - 11h00
BNCC e educação midiática: uma abordagem muito além das fake news
Daniela Machado e Mariana Ochs

16h00 - 17h00
Inovação na Educação e Gamificação da Aprendizagem
Luciano Meira

14 | MAR
11h00 - 12h00
Como motivar crianças e jovens para que gostem de ler e de aprender?
José Moran

15h00 - 16h00
A confirmar

15 | MAR
17h00 - 18h00
A confirmar

20h00 - 21h00
Educação Midiática…

Aulas magistrais de Boaventura de Sousa disponíveis online

Imagem
Entre 27 de Março e 19 de Junho de 2020 acontecem quatro "Aulas Magistrais" do sociólogo português Boaventura de Sousa Santos. O local é o Auditório da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. 
Quem não puder estar presente, porém, poderá acompanhar online, ao vivo.

Aula 1 – 27 de março de 2020, 16h00
Entre a utopia e a miopia

Aula 2 – 3 de abril de 2020, 16h00
O colonialismo do século XXI

Aula 3 – 30 de abril de 2020, 16h00
O marxismo do século XXI

Aula 4 – 8 de maio de 2020, 16h00
O tempo: reversão, aceleração, desaceleração

Aula 5 – 19 de junho de 2020, 16h00

Construindo ciências sociais interculturais

Mais informações: https://ces.uc.pt/pt/agenda-noticias/agenda-de-eventos/2020/boaventura-de-sousa-santos?fbclid=IwAR1-pIVl56PJ33Zg6CQsPkJ-ZMoCmdc9VfG2Kyn9pi_7cRbDWVLvZ-_-A88

Congresso sobre Literacia Digital e Midiática acontece em Novembro, em Portugal

Imagem
No dia 6 de Novembro a FPCEUC - Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra sediará o Congresso COMEDIG - Competências de Literacia Digital e Mediática.
Os conferencistas confirmados para o evento são José Ignacio Aguaded, da Universidad de Huelva (Espanha) e Pierre Fastrez, da Université Catholique de Louvain (Bélgica).
Mais informações serão divulgadas em breve!
Para saber mais sobre o Projeto Comedig: https://www.uc.pt/fpce/comedig/Homepage/

Curso sobre Fake News e como detectá-las em Portugal

Imagem
O que são as 'fake news'? Como conhecê-las? Como despistá-las? Quem as faz? Porquê? Que ferramentas usar para as detetar e verificar a informação?
O CENJOR - Centro Protocolar de Formação Profissional para Jornalistas, de Portugal, promove o curso "Fake News e Desinformação", em Lisboa, com quatro sessões nos dias 11, 12, 18 e 19 de Março, das 18h30 às 22h30.
Mais informações em: bit.ly/2RhQo2V
Inscrições: bit.ly/2UH6UyL.

“Rumorese”: A estratégia de controle mental mais sutil que opera em toda a sociedade

Imagem
Em “O Grande Ditador”, Hynkel, o personagem interpretado por Charles Chaplin, fala Grammelot, uma linguagem composta de sons, palavras e rumores que têm significado que, no entanto, outros parecem entender. No romance “1984”, George Orwell se referiu a uma “linguagem neo” a serviço do sistema de controle, na qual todas as palavras consideradas “perigosas” para o regime foram eliminadas. O lema do partido é: “Guerra é paz, liberdade é escravidão, ignorância é força”. Na verdade, essa linguagem sem sentido, que fala muito sem dizer nada, se espalhou entre nós a uma velocidade vertiginosa, como uma epidemia real. O filólogo Igor Sibaldi chamou de “rumorese”. E é importante ser capaz de detectá-lo, porque – sem perceber e de maneira sub-reptícia – pode acabar restringindo nosso pensamento e, portanto, limitando nossas decisões de vida. O que é rumorese?Rumorese é falar muito sem dizer nada, é a “capacidade” de colocar uma palavra após a outra, rapidamente, sem se preocupar que a mensagem sej…

Aberta a chamada para submissão de resumos para o V Congresso Internacional da Rede Alfamed

Imagem
A edição 2020 do V Congresso da Alfamed será realizada dos dias 14 a 16 de outubro, em Quito, no Equador, e terá como tema “Redes Sociais e Cidadania: em direção a um mundo ciberconectado e empoderado”. A data-limite de chamada para resumos é 15 de março de 2020 e os eixos temáticos a considerar são: (i) Prosumers (instagrammers e youtubers); (ii) Redes sociais e escola; (iii) Ciber-conexão e participação cívica; (iv) Educação para os media e formação de professores; (v) Consumo digital crítico e responsável; (vi) Meios de comunicação alternativos para um novo mundo; (vii) Redes sociais e inteligência artificial.
Para mais informação visite a página do evento: https://alfamedv.wixsite.com/vcongresoalfamed?fbclid=IwAR3iCH3BU0ov_RfMq7oNu5tlX1bQC_9bkJ_SAEn2NpKF-iV12q0ZbREB7Lk

Autoetnografía: una metodología cualitativa

Imagem
Este livro é uma antologia de textos básicos, inicialmente escritos em inglês. O objetivo de publicá-lo é apresentar a autoetnografia ao leitor de língua espanhola. 
A autoetnografia é uma metodologia qualitativa cuja principal característica é partir do indivíduo pesquisado e, a partir dele, entender o contexto espaço-temporal em que a experiência individual é vivida, em suas dimensões cultural, social e política. 
Daí uma frase já conhecida entre aqueles que usam essa perspectiva metodológica, cunhada por seu pioneiro mais conhecido: "O que é autoetnografia?, você pode perguntar. Minha resposta: pesquisa, redação, história e método que conectam o autobiográfico e o pessoal ao cultural, social e político”.
Autoetnografía - Una metodología cualitativa, de Silvia M. Bénard Calva.  Selección de textos / UAA, 2019  Fonte: https://editorial.uaa.mx/catalogo/ccsh_autoetnografia_9786078652891.html?fbclid=IwAR3x5HxT05abF0rTYSJGcgPM7raysnzgm3AuOQOKEarIH0tEdQIFAcjQRwc

David Harvey: Las ciudades en la acumulación del capital y la transformación sociopolítica.

Imagem
David Harvey es un geógrafo británico conocido por ser uno de los principales exponentes contemporáneos del marxismo crítico en la teoría social moderna. En su libro Ciudades rebeldes: del derecho de la ciudad a la revolución urbana (2013) encontramos una potente crítica a los procesos de reconfiguración espacial que toman lugar en las sociedades capitalistas modernas para hacer frente -según el autor- a problemas relacionados con el excedente de capital derivados de la producción y circulación del mismo. 

Lo anterior tiene una directa relación con la tendencia irrefrenable hacia la urbanización, lo que incrementa paulatinamente la densidad de la población (potencial fuerza de trabajo), los intercambios de mercancías y las transacciones de dinero en torno a las ciudades. Y es precisamente en relación a los conflictos derivados de esta dinámica del capital y su impacto en las relaciones sociales donde Harvey concentra su análisis. Para esto expone el derecho a la ciudad como una nueva …

Ramón Salaverría: “A mídia é refratária à mudança, e a universidade ainda mais”

Imagem
O espanhol Ramón Salaverría é uma das maiores referências mundiais nos estudos de ciberjornalismo, convergência midiática e meios digitais. O professor titular e vice-reitor de Pesquisa da Universidade de Navarra (Espanha) têm oito livros publicados e contribuições em mais de 200 publicações científicas sobre a temática.

Também é subdiretor do Centro de Estudos da Internet e Vida Digital da universidade compõe o Conselho Diretivo da SembraMedia. De 2014 a 2015, foi professor convidado na Universidade do Texas (EUA).

Nos últimos anos, Salaverría tem dedicado um esforço particular na investigação sobre os nativos digitais e na criação de uma tipologia de classificação para estas iniciativas que nasceram no ambiente digital.

O pesquisador esteve no Brasil em setembro para apresentar a palestra de abertura do 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (INTERCOM 2019). Sua fala fez uma breve introdução à complexidade do ecossistema digital e à crise de credibilidade e de estrutura qu…

10ª edição do Simeduc acontece em agosto

Imagem
Universidade Tiradentes (UNIT-SE), através da Diretoria de Pesquisa e Extensão (DPE) e do Grupo de Pesquisa em Comunicação, Educação e Sociedade (GECES/UNIT/CNPq), com o apoio do Programa de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação – PPED/UNIT – (que oferece o Mestrado e Doutorado em Educação, tendo como uma de suas linhas de pesquisa a Educação e Comunicação), sediará o 10º SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO – SIMEDUC, no período de 19 a 21 de agosto de 2020, cuja temática é: Comunicação, Educação e Sociedade.Simpósio de Educação e Comunicação tem em vista reunir pesquisadores, professores, alunos de graduação e pós-graduação do Brasil e outros países, interessados nos estudos e discussões sobre a relação Educação e Comunicação e as consequências no processo de aprendizagem dentro do espaço escolar.
Datas Importantes

Submissão de artigos: até 08 de maio de 2020

Notificação aos autores:  até 15 junho de 2020

Submissão dos textos definitivos para publicação: 3 de julho de 202…

Media and information literacy: non-formal education guide for all platforms

Imagem
Unesco lança guia sobre alfabetização midiática e informacional.
Autores: Owens-Ibie, Nosa, Ademosu, Ifedolapo, Oyeleye, Abiodun
Por enquanto a língua disponível é apenas inglês.
Acesso em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000372417?fbclid=IwAR2IB0RdIUHUf0M20hJcQ2KydOJNE3_fQ4-rghNjsgPl3suDzBleJybosDw


International Council of Education Media (ICEM) acontece em Outubro, em Santarém

Imagem
O International Council for Educational Media (ICEM) é um ponto de encontro para investigadores e pessoas que trabalham no campo da Literacia Mediática. O evento vai decorrer no Instituto Politécnico de Santarém, entre os dias 14 e 17 de Outubro de 2020.
A abertura de inscrições estará disponível brevemente.

Media Monitoring Workshops

Imagem
No próximo dia 6 de março, iniciar-se-á o ciclo de workshops "Media Monitoring Workshops - Género nos Media: Teoria e Prática", organizado por Seção de Comunicação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Grupo de Trabalho em Género e Sexualidades da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação e Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres. Através dessa iniciativa pretende-se desenvolver o conhecimento e as competências no querespeita a metodologias de monitorização de conteúdos mediáticos, bem como, discutir e aumentar a consciência crítica relativamente ao papel dos media nas (des)igualdades de género. O primeiro workshop decorrerá entre 10h e 18h na Sala Multimédia do Colégio de S. Jerónimo, em Coimbra. As inscrições podem ser feitas através do link: https://docs.google.com/…/1FAIpQLSdBMAuDP_OKTS0mOk…/viewform

62% dos brasileiros não sabem reconhecer uma notícia falsa

Imagem
No entanto, nesse quesito o país ainda está melhor que os vizinhos da America Latina


É possível resumir que há dois tipos de propagadores de fake news na internet: militantes políticos empenhados em atacar a reputação dos adversários de seus candidatos e empresas ou indivíduos que fabricam notícias falsas com o intuito de ganhar dinheiro por meio de anúncios ou de soluções para problemas embusteiros (sobretudo vindos do Google AdSense, ferramente de publicidade do Google). No meio disso há o público deste tipo de conteúdo, vítima da desinformação e que, em muitas das vezes, é incapaz de reconhecer a falácia. É o que mostra uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (13) pela empresa de cibersegurança Kaspersky, que se aprofundou em entender como a America Latina lida com as fake news.


Em média, 70% dos latino-americanos não sabem identificar ou não têm certeza se conseguem diferenciar se uma notícia na internet é falsa ou verdadeira. Por nacionalidade, os cidadãos que menos conseguem rec…