Redes Cordiais e InternetLab lançam manual sobre eleições para produtores de conteúdo digital

 

Atentos ao período eleitoral e ao uso crescente da internet para fins políticos, o InternetLab e o Redes Cordiais lançaram o Guia para Influenciadores Digitais nas Eleições 2020. O manual contém dicas de boas práticas e ferramentas para auxiliar produtores de conteúdo web a participarem do processo eleitoral de maneira ética, segura e democrática.

De acordo com os idealizadores do projeto, em uma eleição digital, é fundamental que os influenciadores tenham consciência de seu papel no debate político, bem como entendam de que modo sua decisão de apoiar ou não determinado candidato pode afetar a escolha de seus seguidores.

A publicação esclarece que, apesar de permitida, a participação política de influenciadores deve seguir algumas regras, como as que protegem o processo eleitoral da interferência do poder econômico. “Pela lei eleitoral, candidaturas não podem contratar influenciadores para fazer marketing de influência eleitoral e fazer ‘publis’ pedindo votos”, diz o manual.

Além de ensinar os influenciadores a diferenciar demonstração de apoio político de propaganda eleitoral e formas de evitar a boca de urna digital, o guia também aponta formas de promover o pluralismo de ideias por meio de discussões saudáveis na internet.

Redes Cordiais

É um projeto de educação midiática que capacita para o enfrentamento da desinformação e do discurso de ódio nas redes sociais, convidando todos a reverem seu papel nas redes. Usando recursos de diferentes áreas do conhecimento, do jornalismo à comunicação não violenta, o Redes Cordiais promove o diálogo e a informação de qualidade na busca por um ambiente digital mais saudável e de confiança.

InternetLab

Centro independente de pesquisa interdisciplinar, o InternetLab promove o debate acadêmico e a produção de conhecimento nas áreas de Direito e Tecnologia, sobretudo no campo da internet. A entidade sem fins lucrativos atua como ponto de articulação entre acadêmicos e representantes dos setores público e privado, bem como da sociedade civil, incentivando o desenvolvimento de projetos que abordem os desafios para a elaboração e a implementação de políticas públicas em novas tecnologias, como privacidade, liberdade de expressão e questões ligadas a gênero e identidade.

Fonte: https://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2020/Novembro/redes-cordiais-e-internetlab-lancam-manual-sobre-eleicoes-para-produtores-de-conteudo-digital

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sites para baixar ou ler livros em espanhol

A comunicação na sala de aula