Postagens

Mostrando postagens de 2021

EDITAL ABERTO a artistas e professores de arte de escolas públicas e privadas do DF

Imagem
Como parte da programação da XVII Semana da Europa, de 1º de setembro a 2 de outubro será realizada uma formação gratuita de 40h com a temática “Educação Midiática e o Combate à Desinformação – O papel da Arte”. O curso está aberto para inscrições de professores de arte da educação básica de escolas públicas e privadas de ensino fundamental e médio do Distrito Federal e artistas locais que comprovadamente tenham iniciativas de formação voltadas a crianças e adolescentes. O edital completo pode ser acessado no site: https://bit.ly/3iDADCp

Educomunicação agora faz parte do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa da ABL

Imagem
Agora é oficial!!! O termo #Educomunicação está no dicionário. Ele passa a fazer parte do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa da Academia Brasileira de Letras e é a "Palavra da Semana" da ABL, que semanalmente divulga novos verbetes, sua definição e exemplos de uso. Educomunicação é categorizada em termos gramaticais como um substantivo feminino e traz ainda as seguintes palavras relacionadas: educomunicador adj. s.m. e educomunicativo adj. (cultura educomunicativa, vivências educomunicativas) Sua definição: 1. Conjunto de conhecimentos e ações que visam desenvolver ecossistemas comunicativos abertos, democráticos e criativos em espaços culturais, midiáticos e educativos formais (escolares), não formais (desenvolvidos por ONGs) e informais (meios de comunicação voltados para a educação), mediados pelas linguagens e recursos da comunicação, das artes e tecnologias da informação, garantindo-se as condições para a aprendizagem e o exercício prático da liberdade de expr

Educadores são convidados a enviarem relatos de experiências em educação e consumo midiático

Imagem
A Cátedra Maria Aparecida Baccega, do  PPGCOM da ESPM,  convida educadores da educação básica (EF e EM) a enviarem seus relatos de experiências para o Pré-Comunicon, no  "I Ciclo de Relatos: experiências em educação e consumo midiático na Educação Básica". O evento, que é gratuito e acontece no dia 13 de outubro, integra  as atividades que antecederão o  Congresso Internacional de Comunicação e Consumo - Comunicon, do  PPGCOM ESPM . O objetivo do ciclo é ser um espaço de troca de conhecimentos sobre as experiências de uso e consumo de mídia na escola, em atividades realizadas nas disciplinas ou em projetos interdisciplinares. Os educadores podem enviar os relatos até o dia 15 de setembro de acordo com o formato disponibilizado no site do evento (  https://comunicon.espm.edu.br/pre-comunicon/  )  e enviar para o e-mail: catedrabaccega@espm.br. Programação MANHÃ 8h – 10h | Mesa de Abertura Educação Midiática e Consumo 10h30 – 12h | Ciclo de Relatos Experiências de educação e co

"The Irish public needs to be involved in the debates about how media is funded and regulated"

Imagem
From the journal.ie - 25/06/2021 (Opinion)  It’s been a long time coming, but policymakers are finally catching up with the dramatic changes that have taken place in the media environment. The EU has proposed a suite of packages that aims to  rein in the power  of big tech companies while providing support for struggling media outlets. In Ireland, the Future of Media Commission is investigating how media can be sustainably funded, while the Online Safety and Media Regulation Bill is currently undergoing  pre-legislative scrutiny . This Bill will establish a new media regulator with a remit that includes online platforms. These are important developments that will shape the media landscape for decades to come. They are underpinned by a belief that media play a central role in democratic and civic life and they are informed by concerns about the media’s ability to fulfil that role in the digital environment. A funding crisis A core problem is that not all media outlets have developed a w

Secretaria de Educação de SP oferece 1.440 novas vagas para cursos de Educomunicação

Imagem
Por Jornal SP Norte -23 de junho de 2021 "A Secretaria Municipal de Educação (de São Paulo) abre inscrições nesta quarta-feira (23), a partir das 12h, para 11 cursos de Educomunicação (forma de educar por meio de recursos de mídia) voltados para profissionais da rede municipal de ensino. No total, serão oferecidas 1.440 vagas. As aulas têm carga horária de 20h e os participantes receberão certificação. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no Portal SME. O objetivo dos cursos é formar educadores para o desenvolvimento de projetos educomunicativos nas unidades escolares, ampliando seus conhecimentos sobre as linguagens da comunicação e aprofundando a reflexão sobre o papel da mídia na sociedade contemporânea, de maneira que teoria e prática sejam permanentemente alinhadas.  Entre os temas oferecidos estão:  Produção Audiovisual na Educação, Linguagens e Educação Midiática; Cinema Negro Uma Contribuição para a Formação da História e Cultura Africana e Afro-Brasileira e Foto

Barreiras e oportunidades para a oferta e o acesso a atividades culturais on-line é tema de debate

Imagem
Quais são as barreiras e oportunidades para a adoção das tecnologias da informação e comunicação (TIC) pelas instituições culturais do País e para o acesso a atividades culturais na Internet pela população brasileira? No dia 17 de junho especialistas discutirão o assunto no  Webinar  “Pandemia e digitalização da cultura: instituições e públicos na Internet”, que contará com debates baseados nos novos indicadores da pesquisa TIC Cultura e nos do  Painel TIC COVID-19 , divulgados em 2020. Confira a agenda e programe-se para acompanhar a discussão, que será transmitida em português, a partir das 10h, no canal do YouTube ( https://www.youtube.com/NICbrvideos ). 10h - Abertura e boas vindas • Alexandre Barbosa (Cetic.br|NIC.br) • Demi Getschko (NIC.br) 10h10 - Apresentação dos dados – TIC Cultura 2020 • Luciana Lima (Cetic.br|NIC.br) 10h20 - Palestra de Abertura - O impacto da Internet no campo da cultura: importância da medição • Marielza Oliveira (UNESCO)  10h35 - Painel de Debates - Barr

Lançada a Associação de Jornalismo Digital

Imagem
Na data em que se comemorou o  Dia Nacional da Liberdade de Imprensa, 7 de junho, veículos digitais do país lançaram a Ajor - Associação de Jornalismo Digital. Com o objetivo de fortalecer o jornalismo brasileiro, a Ajor terá três eixos de atuação: a profissionalização e fortalecimento de organizações associadas; a defesa do jornalismo e da democracia; e a promoção da diversidade. Veja mais informações em: https://ajor.org.br/

Desigualdade Digital em tempos de pandemia é tema de debate

Imagem
Dia 17 de junho, às 15h (Hora de Brasília), tem #NaRedeComLabgrim2021 , realização do Laboratório de Pesquisa da Relação Infância, Juventude e Mídia, da UFC. O evento tem como tema "Desigualdade Digital em tempos de pandemia" e recebe as professoras Laura Robinson, da Universidade de Santa Clara (EUA) e Monica Fantin, da Universidade Federal de Santa Catarina (Brasil). Evento com certificado e tradução simultânea. Inscrições no link: nestante.com.br/labgrim21

Por que os jovens não sabem diferenciar fatos de opinião?

Imagem
Por Mariana Mandelli*  Novo relatório da OCDE mostra que 67% dos alunos brasileiros de 15 anos não conseguem identificar esses conteúdos A notícia de que 67% dos jovens brasileiros de 15 anos não sabem distinguir fatos de opiniões provocou um intenso debate nas redes sociais e análises em colunas e textos jornalísticos nos últimos dias. O dado alarmante faz parte de um novo relatório divulgado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) no início de maio, com base nos resultados do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), um exame aplicado a cada três anos em dezenas de países participantes.  A avaliação permite um comparativo entre sistemas educacionais nas áreas de leitura, matemática e ciências, medindo as habilidades que os alunos dessa faixa etária desenvolveram durante a escolaridade obrigatória. No caso da distinção entre o que é factual e o que é opinativo, a medição é dada por meio de questões que exigem o domínio dessa habilidade. O pe

ABPEducom e Pacto Educativo Global realizam live sobre Educomunicação e Ecologia Integral

Imagem
A próxima transmissão do ciclo de lives da ABPEducom - Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação tem parceria especial do Pacto Educativo Global do Brasil, articulação que a Associação apoia, e aborda o tema “Educomunicação e Ecologia Integral”. O evento acontece nesta terça-feira (25 de maio), a partir das 17h, e terá a participação de: • Filomena Maria Avelina Bomfim, sócia da ABPEducom e professora do curso de Jornalismo da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), no qual ministra a disciplina Educomunicação. É graduada em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), mestra em Jornalismo pelo City University (Londres) e em Ciências da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e doutora em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Bomfim atua no Núcleo de Educação à Distância (NEAD/UFSJ), no curso Mídias na Educação. É docente do Programa Interdepartamental de P

Aberje aposta em educação midiática contra fake news

Imagem
A Aberj (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial) lançou a Aliança Aberje de Combate às Fake News. Um dos objetivos da iniciativa é apostar na educação midiática para buscar diminuir as causas da proliferação de notícias falsas na sociedade. A Aliança Aberje de Combate às Fake News é um movimento empresarial contra a desinformação baseado no código de princípios do International Fack-cheking Network, do Poynter Institute, que prevê compromissos com o não-partidarismo, com as fontes, a prestação de contas, a transparência e a honestidade.  Nas redes sociais, a hashtag da Aliança é #JuntosContraFakeNews. Veja mais em: https://www.aberje.com.br/alianca-aberje

Escola Superior de Comunicação Social assinala Semana Europeia da Saúde Pública

Imagem
“Combater a desinformação em saúde. O papel do profissional de comunicação” é o tema do evento que acontece no próximo dia 18, de 11h às 12h30 (Hora de Lisboa),  organizado pela Seção de Relações Públicas e Comunicação Organizacional da Escola Superior de Comunicação Social (ESCS), de Portugal. A iniciativa tem como objetivo discutir o papel dos profissionais de comunicação no combate à crescente desinformação no setor da saúde e faz parte das comemorações da Semana Europeia da Saúde Pública, assim como refletir sobre os desafios de comunicação ampliados pela pandemia da covid-19. A mesa de painelistas é formada pelos seguintes convidados: o médico Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública; a professora Mafalda Eiró-Gomes, Coordenadora da Secção de Relações Públicas e Comunicação Organizacional da ESCS, e Ana Sofia Tomás, Assessora de Comunicação do Hospital Garcia de Orta. A mediação e organização será dos alunos finalistas da Licenciatura em Relaçõ

Artigo aborda curso "Vaza Falsiane" de combate às fake news

Imagem
“Vaza, Falsiane!”: iniciativa de letramento midiático contra notícias falsas em redes sociais" é o nome do artigo de Ivan Paganotti, Leonardo Moretti Sakamoto, Rodrigo Pelegrini Ratier pubicado na revista Intexto, publicação em modalidade contínua do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Resumo: A proliferação de informações falsas em redes sociais online criou um cenário de desconfiança em relação às fontes informativas. A preocupação em relação à ameaça de notícias falsas se tornou um terreno fértil para demandas coletivas por propostas para combater a desinformação. Esta pesquisa avalia a proliferação de sites de checagem de fatos, ameaças de controle legal e alterações técnicas em algoritmos de redes sociais, contrastando essas estratégias com o potencial de iniciativas baseadas na educomunicação. Para isso, foi analisado um panorama de propostas de educação midiática já exis

O que é educomunicação?

Imagem
  Você sabe o que é a Educomunicação e tem ideia dos benefícios dos projetos realizados na interface comunicação e educação? Sabe qual a importância das ações que levam em conta esse conceito? Pois é sobre essas e outras questões que o pessoal do PET COM da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) vai conversar no próximo dia 11 de maio, de 13h às 14h30 (Hora de Brasília). A convidada será Cláudia Herte Moraes, professora da UFSM, do campus de Frederico Westphalen.  As inscrições para participar dessa conversa podem ser feitas aqui: https://docs.google.com/forms/d/12up_XQFUvaHxMAbqDRiC_IWnUXDevcJahcycWyYcTEY/edit Para os inscritos, será enviado um link para acesso a essa atividade de ensino no e-mail cadastrado no formulário de inscrição. Contato: petcomunicacaosocial@ufsm.br O evento transmitido online!!!

Seminário “Os desafios do uso de plataformas digitais na Educação no Brasil" tem início no dia 10 de maio

  O Seminário   “Os desafios do uso de plataformas digitais na Educação no Brasil” , do Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br, tem início na   próxima segunda-feira, dia 10 de maio , com transmissão pelo canal do NIC.br no YouTube ( https://www.youtube.com/watch?v=2OnpG5aVMVA ).  A partir das 16 horas , especialistas e representantes de diferentes setores da sociedade estarão juntos para debater “O desafio estrutural do acesso de qualidade nas escolas e domicílios e as possibilidades de emprego das plataformas emergentes”. Quais os maiores desafios de infraestrutura apontados pelos professores? Qual a contribuição que o uso de plataformas digitais pode oferecer dado o cenário de desafios tecnológicos, pedagógicos e políticos neste momento de agravamento da pandemia? E como será após a estabilização da crise atual? Essas são algumas das questões que serão levantadas neste primeiro encontro  on-line .  Participantes: Nelson Pretto  (UFBA – Universidade Federal da Bahia). Maria Ine

Unesco Brasil realiza seminários para comemorar Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

Imagem
Para comemorar o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa e promover um debate sobre o tema deste ano, “Informação como bem público”, a  @unescobrasil  realizará, nos dias 3 e 4 de maio, dois debates virtuais que reunirão autoridades e especialistas do setor. Na segunda (3/05), o presidente da ANJ, Marcelo Rech, será o moderador do encontro, que traz também Patricia Blanco (Instituto Palavra Aberta), o Ministro Luís Roberto Barroso (TSE), Flavia Lima (Folha de S. Paulo), Flávio Lara Resende (ABERT) e Marlova Noleto (UNESCO). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em: https://bit.ly/SeminarioLiberdadeDeImprensa O evento conta com a parceria da ANJ Abert, Abraji, Aner, Folha de S.Paulo, Jeduca, Instituto Palavra Aberta e Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil. (Via ANJ)

Webinar “Jornalismo local e liberdade de imprensa" com inscrições abertas

Imagem
INSCRIÇÕES ABERTAS  para o webinar “Jornalismo local e liberdade de imprensa”, que ocorre no dia 3 de maio, às 18h. O evento, organizado pela Comissão de Liberdade de Imprensa da OAB-SP e pela ANER (Associação Brasileira de Editores de Revistas), é gratuito e conta com o apoio da Associação Nacional de Jornais - ANJ e da Associação Brasileira de Emissoras e Rádio e Televisão - ABERT. Realizado no Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, o encontro on-line reunirá o diretor executivo de Jornalismo e âncora da Bandnews FM do Rio de Janeiro, Rodolfo Schneider, o editor-executivo do Diário da Região, de São José do Rio Preto (SP), Fabrício Carareto, e a presidente da APAMAGIS (Associação Paulista de Magistrados), Vanessa Ribeiro Mateus. A mediação fica por conta do advogado da ANER e integrante da Comissão de Liberdade de Imprensa da OAB-SP, André Marsiglia. ⠀ As inscrições podem ser feitas pelo seguinte link (basta digital no seu navegador da internet): https://bit.ly/3e9KD5f (Via ANJ)

The press cannot be truly free without the equal voice of women

Imagem
By OxfamAmerica

Debate entre liberdade de imprensa e AMI

No dia Mundial da Liberdade de Imprensa, 3 de maio, às 10h (Hora de Brasília), o jornalista Alexandre Le Voci fala na Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a relação entre AMI (Alfabetização Midiática e Informacional) e Liberdade de Imprensa. Para o palestrante essa é uma relação simbiótica: "os conceitos se fortalecem e tornam o ambiente informacional mais saudável, dando espaço à compreensão e ao fortalecimento da democracia." A sessão será aberta pelo Secretário Geral das Nações Unidas, António Guterres; o presidente da Assembleia Geral, H.E. Volkan Bozkir; o Diretor do Comitê de Informação, Cristian Spinoza; o Diretor assistente de Departamento de Informação da UNESCO,  Xing QU  e Valeria Robecco, presidente da Associação de Correspondentes das Nações Unidas. Para assistir ao vivo ou ver a gravação, basta acessar a página da UNTV (TV da ONU) em:  http://webtv.un.org/

CECS celebra 20.º aniversário com a iniciativa “Encontro com Investigadores”

Imagem
No próximo dia 30 de abril, pelas 17h00, no Auditório de Multimédia (Instituto de Educação), terá lugar o “Encontro com Investigadores: diálogos sobre política científica”, com a presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor. Além de se celebrar o vigésimo aniversário do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS), nesta sessão pretende-se estabelecer um diálogo aberto entre o ministro Manuel Heitor e os investigadores do CECS, refletindo-se sobre consensos, controvérsias e políticas científicas em Portugal. Neste diálogo, serão ouvidos investigadores de diversas gerações e áreas científicas do CECS, bem como o público presente. Estarão à conversa com Manuel Heitor os investigadores Moisés de Lemos Martins, Teresa Ruão, Ece Canli e Tiago Vieira da Silva. O ministro Manuel Heitor participará em várias atividades organizadas pela Universidade do Minho. Duas destas atividades contam com o envolvimento de elementos do CECS: – apresentação oral dos pro

Roda de Conversa: a dança como instrumento disseminador da Agenda 2030 no Paraná

Imagem
No âmbito do projeto “Cultura e Desenvolvimento: projetos culturais e a Agenda 2030”, o PolObs - Observatório de Políticas de Ciência, Comunicação e Cultura do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho,  promove mais uma sessão do ciclo de seminários e talks: “Roda de Conversa - A dança como instrumento disseminador da Agenda 2030 no Paraná”, no próximo dia 29 de abril, às 14h (Lisboa)/ 10h (Brasília) /15h (Maputo), com transmissão via Zoom. A sessão assinala o Dia Mundial da Dança e terá a moderação do coordenador do projeto Manuel Gama e de Ana Figueira, diretora artística da Companhia Instável (Portugal). Representantes do Teatro Guaíra (Brasil) participarão da roda de conversa para compartilhar a experiência da dança no contexto da Agenda 2030. 

Iniciativa “7 dias com os Media” regressa em maio

Imagem
"A 9ª edição da iniciativa 7 Dias com os Media  acontece nos próximos dias 3 e 9 de maio. Iniciada em 2013, a iniciativa do Grupo Informal sobre Literacia Mediática (GILM), de Portugal, convida todos os cidadãos e instituições a criar uma ação (workshop, webinar, vídeo, apresentação, podcast, jogo, etc) com foco nos media e nos seus usos. Este ano, e tendo como contexto o confinamento devido à pandemia da COVID-19, a organização convida a uma reflexão sobre a importância e o impacto causado pelos ecrãs no nosso quotidiano, desde o estudo, ao teletrabalho, ao entretenimento. Numa altura em que os media se tornaram ainda mais presentes, é essencial pensarmos como nos “ajudam a formar as nossas opiniões [e] como constroem a perceção que temos do mundo”. É neste sentido que o GILM propõe como temas centrais da edição a infodemia, a desinformação e as desigualdades sociais e digitais, ao mesmo tempo que convida todos a registar as suas atividades no site da iniciativa." (Via CECS/

Live sobre desinformação dia 27/04

Imagem
 

Canal Futura veicula novo projeto de educação no seu canal do youtube

Imagem
Fundação Roberto Marinho comemora o Dia da Educação, 28 de Abril, com novo projeto veiculado no Youtube do Canal Futura. "Classes Abertas", reforça o Movimento #Nem1PraTrás pelo terceiro ano consecutivo e é o nome do projeto que busca reunir várias aulas em uma espécie de formação continuada para quem trabalha ou se interessa pelo tema da educação, com a presença de convidados nacionais e internacionais.  O primeiro episódio desta série acontece no próximo dia 28 de abril, às 16h, com a presença do professor da University of Southern California, Henry Jenkins, autor do livro “Cultura da Convergência e uma das pioneiras em educação midiática nos EUA, Tessa Jolls, que é CEO do Center for Media Literacy, com sede na Califórnia. A apresentação será feita por Alexandre Le Voci Sayad, CEO da ZeiGeist e apresentador da série Idade Mídia, no Canal Futura e o tema será "Educação e Mídias - Escola, Comunidade e Cultura". O segundo episódio acontece no dia 29 de abril, às 18h,

I Jornadas de Ciências da Comunicação da FLUC acontecem em junho

Imagem
Com o objetivo de criar uma oportunidade de partilha e de contributo entre investigadores/as e estudantes de pós-graduação em Ciências da Comunicação, estudantes do Doutoramento em Ciências da Comunicação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC) organizam as Jornadas de Ciências da Comunicação FLUC com o tema "Metodologias Aplicadas à Investigação em Comunicação". O evento acontece nos dias 29 e 30 de junho, em ambiente online.  As submissões de resumos estão abertas a partir do dia 26 de abril e encerram em 23 de maio.  Saiba mais na chamada completa:  http://bit.ly/ChamadaJornadasComFluc

OPSlab lança fichas pedagógicas com atividades de literacia publicitária

Imagem
Articulando as contribuições de Nestor García Canclini (2010), acerca da inter-relação entre consumo e cidadania, com as de Tânia Hoff (2007), sobre o potencial do uso pedagógico do texto publicitário, o  OPSlab - Laboratório de Estudos e Observação em Publicidade, Comunicação e Sociedade, da UFMT, lança   fichas pedagógic as  com o objetivo de estimular a formação de sujeitos críticos, criativos e implicados com a transformação social. As fichas pedagógicas são estruturadas em três eixos: Pensando o gênero publicitário ->  Atividades que estimulam a reflexão sobre formatos, linguagens e estratégias usadas pela comunicação publicitária Pensando sobre si e o outro ->  Atividades que usam o texto publicitário para pensar temas como identidade, representação e representatividade Pensando o entorno social ->  Atividades que usam o texto publicitários para pensar o contexto social e ambiental em que estamos inseridos. Acesse pelo site: https://www.opslab.com.br/atividades-midia-edu

Professores aprendem a ser midiáticos para ‘prender’ alunos no ensino remoto no Amazonas

Imagem
Por Alessandra Taveira, Da Redação Amazonas Atual MANAUS – A pandemia do novo coronavírus forçou uma mudança profissional na educação. Os professores foram obrigados a incorporar a tecnologia da informação como ferramenta de trabalho. No Amazonas, a mudança de hábito gerou um desafio: ensinar remotamente em um estado onde mais da metade dos estudantes de escola pública não tem acesso à internet. Para alguns, a solução foi se adaptar à linguagem dos youtubers e produzir a própria aula virtual. É o caso do professor Dheimison Airton, 30, que ensina matemática em duas escolas da rede pública estadual para dois diferentes perfis de estudantes na zona leste da cidade: para adolescentes do 6º ao 9º ano e para adultos do EJA (Educação de Jovens e Adultos). “As realidades dos meus alunos vão de 8 a 80 a cada diálogo. Se na Integral já tenho desafios homéricos, imagina em uma escola regular dedicada à Educação de Jovens e Adultos”, diz o professor. Em um vídeo publicado às 19h da última segunda

O excesso de informações também adoece

Imagem
Por Cristiane Parente - Blog Educação e Mídia / Gazeta do Povo (12/04/2021)  No conto “Funes, o memorioso”, de Jorge Luis Borges, o personagem homônimo leva uma pancada na cabeça e a partir daí não esquece mais nada que lê, vê, ouve, sente. Sua memória capta tudo, todas as informações visuais, auditivas, sensorias, mesmo sem querer. Ainda que olhe de relance para uma árvore, sua memória capta o desenho da folhagem dela e, assim os sonhos de cada dia podem ser resgatados facilmente sob o formato de uma nuvem. Diante dessa overdose de informações, ele fica incapaz de pensar, porque pensar é fazer escolhas e para Funes, nada é esquecido, tudo está guardado, tudo é importante. Incapaz de pensar, ele torna-se incapaz de agir. Acaba por morrer, talvez entupido, de tanta informação. Essa poderia ser uma boa metáfora para o que vivemos hoje e que a Organização Mundial da Saúde – OMS chama de Infodemia ou uma pandemia, um excesso de informações, precisas ou não, que acabam por dificultar o enco