Postagens

Twitter aposta em Alfabetização Midática

Imagem
Após a Semana Mundial de Alfabetização Midiática, que terminou em 31 de Outubro, Twitter decidiu tornar permanente o emoji que aparece com as hashtag #PenseAntesDeClicar e #PenseAntesDeCompartilhar. A plataforma lançou ainda com a Unesco, em 2019, o guia “Ensinar e Aprender com o Twitter”, disponível para download em português.  O objetivo é ajudar educadores em formações de jovens com habilidades de alfabetização midiática e permitir que eles façam as perguntas certas sobre o que encontram na internet e analisem criticamente as notícias e informações. Com fácil leitura, o material tem o objetivo principal de ajudar os educadores a capacitar as gerações mais jovens com habilidades de alfabetização midiática, permitindo que façam as perguntas certas sobre conteúdos que encontram na internet e analisem criticamente as notícias e informações com as quais se envolvem.  A publicação contém ainda diretrizes de melhores práticas sobre alfabetização midiática da Unesco e uma lista de leitura c

Redes Cordiais e InternetLab lançam manual sobre eleições para produtores de conteúdo digital

Imagem
  Atentos ao período eleitoral e ao uso crescente da internet para fins políticos, o InternetLab e o Redes Cordiais lançaram o Guia para Influenciadores Digitais nas Eleições 2020 . O manual contém dicas de boas práticas e ferramentas para auxiliar produtores de conteúdo web a participarem do processo eleitoral de maneira ética, segura e democrática. De acordo com os idealizadores do projeto, em uma eleição digital, é fundamental que os influenciadores tenham consciência de seu papel no debate político, bem como entendam de que modo sua decisão de apoiar ou não determinado candidato pode afetar a escolha de seus seguidores. A publicação esclarece que, apesar de permitida, a participação política de influenciadores deve seguir algumas regras, como as que protegem o processo eleitoral da interferência do poder econômico. “Pela lei eleitoral, candidaturas não podem contratar influenciadores para fazer marketing de influência eleitoral e fazer ‘publis’ pedindo votos”, diz o manual. Além de

Educomunicação como Epistemologia do Sul é tema da mesa de abertura de colóquio em Mato Grosso

Imagem
O III Colóquio Mato-grossense de Educomunicação, que vai acontecer entre os dias dias 19 e 21/11 no formato online, tem como tema de sua mesa de abertura a " Educomunicação como uma Epistemologia do Sul", que será apresentado pela professora Dra. Rosane Rosa, da UFSM. Instigada por Boaventura Sousa Santos, que aponta para um “repensar a teoria crítica e reinventar a emancipação social”, a professora e pesquisadora discute o papel desse paradigma no processo de emancipação social, no contexto das organizações sociais brasileiras e latino-americanas.  No âmbito da interface Comunicação e Educação, a perspectiva educomunicativa advém da experiência da comunicação e educação popular que atuam sob os referenciais de Paulo Freire e Mario Kaplun, em vista de posturas dialógicas, participativas, democráticas e problematizadoras nos processos comunicativos. Ainda no dia 19 acontece a primeira Mesa do colóquio, conforme informação abaixo.  O III Colóquio Mato-grossense de Educomunicaçã

Cobertura da midia sobre criança e adolescente é tema de palestra

Imagem
Os jornalistas Marcelo Canellas e Carolina Trevisan ministrarão no próximo dia 16 de novembro uma aula aberta sobre “A cobertura da mídia sobre criança e adolescente e Direitos Humanos no Brasil”. A iniciativa faz parte da disciplina ministrada no Curso de Comunicação Organizacional da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília (UnB) e conta com o apoio do projeto Primeira Infância é Prioridade, executado pela Rede Nacional Primeira Infância (RNPI) e ANDI – Comunicação e Direitos, com patrocínio da Petrobras . Assista acessando pelo link: bit.ly/aulaabertaunb

Servidores da Justiça Eleitoral participam de treinamento sobre combate à desinformação no Twitter

Imagem
Capacitação faz parte de acordo firmado entre o TSE e a plataforma para ajudar na propagação de informações confiáveis durante o pleito 06.10.2020 Servidores dos 27 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) brasileiros participaram de um treinamento on-line – com representantes da plataforma Twitter – voltado ao combate à desinformação nas Eleições Municipais de 2020, marcadas para os dias 15 e 29 de novembro. O curso foi realizado nos dias 23 e 30 de setembro e no dia 5 de outubro. Conduzida pelo  head  de Políticas Públicas da rede social, Fernando Gallo, pelo integrante da equipe de Curadoria do Twitter André Graziano e pelo advogado da plataforma Rafael Batista, a capacitação teve como principal objetivo apresentar os recursos disponibilizados pela ferramenta para divulgação de conteúdos oficiais e de enfrentamento da propagação de notícias falsas na web. O curso faz parte de uma parceria oficializada na última semana entre o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Twitter para ajudar na

Mulheres empreendedoras rurais da Amazônia participam de oficina de comunicação

Imagem
De acordo com a coordenadora da ação e jornalista da Embrapa Rondônia, Renata Silva, a comunicação e seus meios de divulgação são relevantes para o desenvolvimento dos trabalhos realizados por estas mulheres. Por Priscila Viudes / Embrapa Acre Publicada em 09/10/2020 às 17h02 Foto: Larissa Fernanda Um grupo de mulheres empreendedoras rurais do município de Ouro Preto do Oeste, em Rondônia, participou de três capacitações virtuais conduzidas pela equipe da Embrapa Rondônia, com foco em comunicação para redes sociais e práticas de educomunicação. As oficinas abordaram, em teoria e prática, a produção de conteúdos – textos, fotos e vídeos – para plataformas digitais e outros meios. Também foi utilizada a metodologia da educomunicação com foco na sensibilização para questões ambientais e o processo coletivo de produção de videoclipes, vinculados aos produtos amazônicos que utilizam.  De acordo com a coordenadora da ação e jornalista da Embrapa Rondônia, Renata Silva, a comunicação e seus m

Projeto educomunicativo oferece cursos de prevenção ao suicídio e automutilação

Imagem
"Ações Integradas de Educomunicação para Prevenção ao Suicídio e da Automutilação" é o nome do projeto que tem como objetivo capacitar educadores, líderes comunitários e religiosos, profissionais da saúde e profissionais em geral, que lidam com adolescentes, sobre saúde mental. O projeto é compostos por dois cursos gratuitos, cartilhas e notícias especializadas sobre o assunto.  A meta dos idealizadores é inscrever até 80 mil participantes de todo o Brasil nos dois cursos, que tem como eixos temáticos a Prevenção ao Suicídio e a Prevenção à Automutilação.  A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde do Brasil, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS), a Fundação Demócrito Rocha e a Universidade Aberta do Nordeste. Mais informações: http://prevencaoevida.com.br/