Postagens

Educação midiática: como educar crianças e adolescentes

Imagem
O debate  Educação midiática : como educar crianças e adolescentes será realizado nesta quinta-feira, dia  8/4 , às  16h , no Sesc Ideias, numa iniciativa do Sesc São Paulo.  A ideia do encontro é expandir as discussões sobre esse tema tão urgente nos tempos atuais e ampliar a participação da sociedade no combate à desinformação. Participantes: Maria Carolina Cristianini, editora-chefe do jornal Joca voltado para crianças e jovens, Juliana Doretto, jornalista, docente e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Linguagens, Mídia e Arte da PUC-Campinas, e Cristiane Parente, jornalista, professora, consultora em Alfabetização Midiática Informacional e Educomunicação, pesquisadora e doutora em comunicação pela Universidade do Minho e mestre em educação pela Universidade de Brasília. A mediação e apresentação estará com Adriana Reis Paulics, jornalista, mestranda em Educação e editora da Revista E do Sesc São Paulo.

1ª edição do Festival Oikonomia – Educom SP acontece entre 28 e 30 de abril

Entre os dias 28 e 30 de abril acontece a 1ª edição do Festival Oikonomia – Educom SP, 100% online e com participação gratuita. A realização é da  OSC Celebreiros, de São José dos Campos. O projeto consiste em 40 dias de imersão total em temas como economia criativa, educomunicação e cultura e a programação que inclui um Festival de Curtas-Metragens, com recebimento de produções até o dia 20 de abril e ampliação da Plataforma Educomlab, que hoje disponibiliza um módulo de formação em educomunicação - linguagem audiovisual, composto de 8 vídeo-aulas com certificação e que, em breve, oferecerá mentorias voltadas também para economia criativa e empreendedorismo. O evento visa propor reflexões e levantar discussões a respeito do lugar onde se vive, com um olhar especialmente voltado ao desenvolvimento humano e territorial de periferias urbanas.  As inscrições para as atividades podem ser realizadas no site www.oikonomia.educomlab.com.br e não há limite de vagas. Podem se inscrever jovens e

Combate à desinformação

Por Paulo Roberto Botão (02 abr 2021) A pandemia do coronavírus é uma das maiores tragédias de todos os tempos e tem deixado um rastro de mortes e muitas lições. Uma delas é a de que a desinformação atua como um vírus, se expande rapidamente e também mata. É neste contexto que se celebra, neste 2 de abril, o Dia Internacional da Checagem de Fatos. O fact-checking é uma metodologia de verificação de informações de interesse público que circulam na mídia, tanto na imprensa quanto nas redes sociais. E o seu objetivo é conter a disseminação de informações falsas, sobretudo aquelas que viralizam e podem causar danos. A atividade ganha destaque com a criação, em 2015, da IFCN (International Fact-Checking Network), que reúne mais de 150 instituições. No Brasil, há mais de uma dezena, entre as quais Lupa, Aos Fatos, Fato ou Fake, Estadão Verifica e Uol Confere. A partir da IFCN foi desenvolvido um código de ética para a checagem, que define princípios como a transparência em relação à metodolo

Afonte e Goethe-Institut Porto Alegre lançam projeto de educação midiática

25/03/2021 coletiva.net 'Postar ou Não?': este é o tema do projeto que Afonte e Goethe-Institut Porto Alegre lançarão em live na terça-feira, 30, às 18h, pelo canal do Youtube do instituto. Com um site e um e-book, os parceiros pretendem incentivar a leitura crítica de conteúdos digitais, principalmente nos jovens. Em um contexto no qual brasileiros buscam informações na internet e nas redes digitais, o guia hipermídia visa a entender e combater a desinformação. Em 44 páginas, o e-book traz referências bibliográficas e propostas de atividades para aplicação em sala de aula e consulta direta. O conteúdo ainda pode ser acessado no site postarounao.com.br, que também contém dicas e testes. "Apostamos em um formato hipermídia, dinâmico, com apelo visual e linguagem inspirada nos aplicativos digitais mais populares, sem deixar de trazer informação com respaldo acadêmico", descreve a jornalista e pesquisadora Taís Seibt, que coordenou a produção. O material busca atender ta

MidiaBox: Jogo estimula educação midiática

Imagem
Tendo como base o contexto que vivemos, nomeado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como Infodemia; ancorando-se no   Conselho da Europa , quando este levanta uma preocupação acerca da poluição da informação em escala global e  trazendo ainda a contribuição da pesquisadora Claire Wardle e seu relatório  Desordem da informação: rumo a uma estrutura interdisciplinar para pesquisa e elaboração de políticas,  que tenta de analisar e buscar formas de lidar com esse distúrbio da desinformação, as pesquisadoras Mariane Maio e Sabrina Generali, lançaram o projeto colaborativo MidiaBox. O objetivo é "levar a educação midiática para além das escolas, entendendo jovens como propagadores de um olhar crítico e reflexivo sobre a mídia". A ideia é que os jovens possam ajudar a  combater a desinformação a partir do MidiaBox, que nada mais é que um jogo com ações disparadoras para promoção da educação midiática de forma leve e que pode ser jogado nas famílias e entre amigos, estimulando m

"Comunicação e Mulheres" é novo tema dos Seminários “Observações"

Imagem
No próximo  dia 25 de março  será realizada mais uma atividade dos Seminários “Observações”, evento mensal do Núcleo de Pesquisa e Ação Observatório da Mídia: direitos humanos, políticas, sistemas e transparência. Dessa vez  o tema é “Comunicação e Mulheres” .  O objetivo é de reforçar a reflexão e a luta no mês das mulheres, e contará com a mediação da professora Patrícia D’Abreu (Depcom-Ufes), contando com os comentários da professora Ana Veloso ( OBMídia-UFPE ).  A transmissão será pelo Canal do Observatório  no YouTube a partir das 19 hora s . Inscrição: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScV7eWUKhyjtt1HiinJvKqSgertIph7SToU47id3kMYSNzDjA/viewform Para este encontro foram reunidos quatro trabalhos: para este encontro quatro trabalhos desenvolvidos no âmbito do Observatório da Mídia e discutidos em eventos científicos no ano de 2020. São eles: 💇🏾‍♀️ “A mulher negra e as embalagens de cosméticos para cabelos crespos e cacheados”, da mestre pelo PósCom-Ufes Juliana Bellia Braga

Facebook lança 2ª edição do programa Cidadão Digital, com foco em fake news

O Facebook, em conjunto com a Safernet e o Instituto Palavra Aberta, lançam nesta quarta-feira a segunda edição do Cidadão Digital, programa de educação digital para alunos da rede de ensino pública do País.  Após capacitarem mais de 97 mil estudantes em 2020, a meta em 2021 é impactar outros 50 mil, com reforços em conteúdos sobre educação midiática e combate à desinformação. Rodrigo Nejm, diretor de educação da Safernet no Brasil, destaca que após um foco grande em cidadania e ética digital na primeira edição do programa, eles detectaram a necessidade de incluir a educação midiática e o combate às chamadas ‘fake news’ por conta dos acontecimentos da pandemia.  Para isso, chamaram o Instituto Palavra Aberta, que já atua nessa área, para elaborar um conteúdo específico para o Cidadão Digital. O programa consiste na seleção de embaixadores, pessoas na faixa entre 19 e 25 anos, que passam por um período de treinamento. Após a capacitação, eles recebem uma bolsa-auxílio de R$ 1,5 mil, e p