Você acredita em tudo que vê/lê/ouve?


Por que as informações falsas possuem tanto apelo? 
Elas existem apenas nas redes sociais? 
Quando um jornal, um telejornal, uma revista ou um programa de rádio insistem em determinada pauta e veiculam diariamente vieses positivos ou negativos de alguém não estão influenciando o público a ver esse(a) personagem ou situação sob determinado ângulo? O que isso pode trazer?
Que critérios você usa para checar as informações que recebe e/ou compartilha? 

Fake News têm 70% mais chances de viralizar que as notícias verdadeiras, segundo novo estudo do MIT publicado na revista Science. O Estadão publicou matéria sobre o fato. Leia em: https://ciencia.estadao.com.br/noticias/geral,fake-news-se-espalham-70-mais-rapido-que-as-noticias-verdadeiras-diz-novo-estudo,70002219357

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Revista Escribanía com chamada aberta para artigos sobre comunicação

“Educar ya no significa transmitir y memorizar información”