Grupo de jovens brasileiros coordenado pela Iandé Comunicação e Educação participa de debate da Unesco e governo do Japão sobre MIL


A Iandé Comunicação e Educação* participou na manhã de hoje (14 de abril) da segunda sessão do evento “Media and Information Literacy – Big Thinkers Armed With Information, organizado pela UNESCO (#UnescoMilClicks) e pelo Estado do Japão (Japanese Funds-in-Trust) que teve início no dia 12 e prossegue até 29 de abril, com o objetivo de capacitar os jovens e aprimorar suas habilidades de debate sobre desafios e oportunidades sociais em conexão com temas de alfabetização midiática e informacional.

A Iandé foi representada pelos estudantes de Comunicação da UnB Luiz Berto Neto e João Lucas Amaral, que também representaram o Brasil no debate com jovens peruanos da organização “A Mí No Me La Hacen”. O tema desta segunda sessão, que teve como mentoras Noémie Grette (França) e a Dra. Anubhuti Yadav (Índia) foi: “Do you believe there is a difference between a digital persona and real life?”. O evento contou ainda com os comentários de Narine Kachatryan (Armênia) e a luxuosa presença de Alton Grizzle, que responde pelo programa de Alfabetização Midiática Informacional da Unesco. 


O primeiro debate, que aconteceu no dia 12 de abril teve como foco “What is the real purpose of Media and Information Literacy (MIL)? To Protect or to empower?” e até o final de abril dezenas de jovens de vários países discutirão ainda desinformação, responsabilidade social das plataformas digitais, discurso de ódio, discriminação racial, MIL na educação formal e não- formal, entre outros temas. (Atualizaremos as discussões em nossas redes)


Nos últimos dois anos, pelo menos 3 mil jovens dos países-alvo do projeto japonês participaram dos Debates MIL CLICKS. De acordo com a Unesco, esses debates são uma forma de adquirir competências de alfabetização midiática e informacional, estimular o engajamento cívico dos jovens, o pensamento crítico e a educação entre pares. A faixa etária dos jovens apresentadores e debatedores, escolhidos entre diferentes organizações de todo o mundo  - especialmente Ásia e África - é de 18 a 31 anos. 

A diretora da Iandé Comunicação e Educação, jornalista e pesquisadora Cristiane Parente, membro da Unesco MIL Alliance Working Groups, coordena o grupo de jovens do Brasil, que tem entre seus membros estudantes e ex-participantes de projetos de extensão da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília (Comunicação Comunitária e SOS Imprensa) e disciplinas ministradas por ela como Alfabetização Midiática Informacional e Educomunicação.

Ao final dos debates, os participantes receberão certificado da Unesco e terão treinado habilidades de argumentação, respeito às diferenças, escuta, pesquisa, alteridade, participação, MIL, etc. 

Os jovens que devem representar a Iandé Comunicação e Educação e o Brasil, seja nos debates, seja no apoio aos colegas, a partir de pesquisas sobre os temas sugeridos são: Alice Campos, Ester Macedo, Isabela Braga, Isabela Nogueira, João Lucas Amaral, Lucas Freire Vaz, Luiggi Fontenele, Luiz Berto Neto, Milena Marra, Natália Coutinho e Patrícia Bezerra.

* A Iandé Comunicação e Educação é a mantenedora deste blog e uma das parceiras da Rede Nacional de Combate à Desinformação (RNCD). Sua diretora, Cristiane Parente, pesquisa e trabalha com o tema da Alfabetização Midiática Informacional / Educomunicação há mais de 20 anos e decidiu criar a organização pela necessidade de ter um braço jurídico e de incluir outras pessoas nas mais diversas ações quer desenvolve. Iandé em Tupi Guarani quer dizer NÓS. Não um "Nós aqui e Vocês aí", mas um Nós inclusivo, que traz todo mundo para perto, para a ciranda, para a caminhada, para a luta, para pensar e realizar juntos! 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sites para baixar ou ler livros em espanhol

Barreiras e oportunidades para a oferta e o acesso a atividades culturais on-line é tema de debate

Congresso da Intercom 2012: O Woodstock da comunicação virou tsunami