Reino Unido, literacia midiática e notícias falsas/desinformação

O Departamento de Educação do Reino Unido, em pleno combate às notícias falsas, opina que: "a proliferação de notícias falsas pode destruir a confiança, o aprendizado da cultura e exaurir a curiosidade dos alunos."





Siga o @milclicksportugues no Facebook e saiba mais sobre alfabetização midiática e informacional. Temos o prazer de fazer parte do Comitê Internacional MIl Clicks Português - Unesco, Governo da Suécia e Zeit Geist. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Revista Escribanía com chamada aberta para artigos sobre comunicação

“Educar ya no significa transmitir y memorizar información”