Protestos e poemas

Impossível não lembrar deste poema do Leminski com os protestos pelo país:


"Ainda vão me matar numa rua
Quando descobrirem
principalmente,
que faço parte dessa gente
que pensa que a rua
é a parte principal da cidade"




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A comunicação na sala de aula

Revista Escribanía com chamada aberta para artigos sobre comunicação